fbpx
Se você prestar bem atenção, a sua coragem dá sinais de que está com você. Saiba como percebê-la e usar isso ao seu favor.

Saiba reconhecer a coragem que está dentro de você (e ganhe força com isso)

A coragem é capacidade de agir mesmo diante de todo medo, temor ou intimidação que a situação possa causar. Ter coragem não significa a ausência do medo, mas sim a ação apesar do medo.

Para tomar posse da coragem que existe em você, não é necessário se tornar uma pessoa bruta, brava, que intimida as pessoas. Isso não é coragem. É medo disfarçado de coragem.

Quando se tem coragem, consegue-se ser firme, claro, objetivo e comprometido diante das situações mais difíceis, onde o medo parece tomar conta, as pernas tremem e, ainda assim, você se nutre da coragem e vive a situação da melhor forma possível naquele momento.

Ter coragem é uma escolha. Uma escolha que só você pode fazer.

De simples a grandes gestos

Quem tem a coragem, vive, se arrisca, ainda que sua ação pareça tão pouco corajosa aos olhos de muitos, como quando você respira profundamente e fala diante de um público ou faz uma pergunta em uma palestra. Sim, isso também é coragem. E me arrisco a dizer que é assim que ela começa a ganhar força dentro de nós; quando nos arriscamos e percebemos que continuamos vivos depois do que, para nós, foi uma manifestação da coragem.

E se você prestar bem atenção, a sua coragem dá sinais de que está com você. Quando você atravessa uma rua, quando anda lado a lado com desconhecidos, quando se arrisca a viver o que nunca imaginou… ela está lá e pulsa no seu interior. E, cá entre nós, colocar-se no mundo sendo você mesmo é uma grande e corajosa aventura.

Mas, a coragem também pode chegar na forma de renúncia, e você, corajosamente, escolhe dizer não para o que aprisiona, entristece, sufoca…

Outra vezes, é importante e necessário que ela se mostre de uma forma mais forte e rápida, como em uma situação de perigo ou uma questão de sobrevivência. Não se preocupe. Geralmente, ela aparece nesses momentos cruciais, mesmo que disfarçada sob a forma de paralisia, e ainda que não seja convidada a dar o ar da sua graça.

Tenha coragem para recomeçar

Fato é que a coragem está em cada um de nós. Mas, quando nos colocamos como vítimas, ela adormece, e, a partir daí, nos escondemos da vida, das pessoas, dos amores, das emoções, da prosperidade e de nós mesmos e da nossa própria essência.

Quando escolhemos ter coragem, podemos recomeçar diante de um fim; dizer um “sinto muito, eu errei”; seguir em frente ainda que o mundo pareça querer nos atropelar. É nesse momento que paramos de dar desculpas para tudo que deixamos de fazer por falta de coragem.

Perdoar-se também é um ato de coragem

Passamos a não ter um ponto de vista fixo diante da vida – “é o meu jeito”; “eu não consigo mudar”; “é assim mesmo” – nem justificativas – “ah, não fiz aquilo porque não ia dar certo mesmo”. A coragem não admite esse tipo de fantasia, onde você se torna refém da covardia, que cega, deprime e enfraquece a alma.

E, perdoar-se e olhar com carinho para suas questões também é um ato de coragem. Parar de se ferir, de se mutilar, de se criticar, de se esconder e se acovardar diante até da felicidade… isso, meu amigo, minha amiga, é um ato de extrema coragem.

Use seu poder de escolha sempre

Sim, eu sei, é preciso coragem para aceitar nossas dificuldades e imperfeições e, ainda assim, não nos rendermos a elas, como se fôssemos espectadores fracassados da nossa própria vida, como se não tivéssemos sempre, sempre, sempre o poder para escolher, inclusive, a coragem para se superar a cada dia.

Eu te desejo coragem!

3 comentários em “Saiba reconhecer a coragem que está dentro de você (e ganhe força com isso)”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *