fbpx

Conheça Gary Douglas, o criador das Barras de Access

Gary Douglas nasceu em Long Island no estado de Nova Iorque, onde morou até os dezoito anos de idade, quando se mudou para o estado do Tennessee. Durante a sua vida, ainda antes do sucesso da teoria das Barras de Access, Gary trabalhou como palhaço, fez participações em filmes e comerciais e lidou com as mais diversas celebridades.

Ficou mundialmente conhecido por suas obras literárias e pela sua excepcional maneira de enxergar a vida, inspirando milhares de pessoas ao redor do mundo com a teoria das Barras de Access.

Gary percebeu desde cedo que tinha uma visão sobre a consciência que era completamente diferente das demais pessoas. Percebeu que muitos vivam suas existências de um maneira não satisfatória, apesar de seus esforços para manter um bom emprego e ser um exemplo na sociedade.

Por muitos anos se perguntou o podia fazer para que a vida fosse mais alegre, mais plena e mais segura. Após uma longa jornada que o acompanhou da juventude à vida adulta, Gary descobriu que o segredo para a plenitude estava na consciência, na forma em que a usamos e entendemos como fazemos parte dela de maneira geral: sendo esta consciência uma das bases mais importantes da teoria das Barras de Access.

Motivando as pessoas

Em um determinado momento, Gary Douglas decidiu que era o momento de compartilhar suas observações com o restante do mundo. Com seus livros, palestras e ensinamentos, pôde ajudar milhares de pessoas a entenderem melhor seus problemas e a como lidar com eles de forma positiva, utilizando as suas ferramentas aplicadas, sendo a mais famosa e conhecida a teoria das Barras de Access.

Totalmente independente de religião, Gary trouxe uma nova perspectiva e uma maneira inovadora de enxergar a vida como um todo. Sua maior frase de motivação é:

“O que posso fazer para ajudar o mundo?”

Era óbvia a sua preocupação em levar à todos os indivíduos tudo que havia conquistando para si, pois só assim todo o mundo poderia ser modificado e melhorado.

A base do seu ensinamento

Em diversos países, pessoas se beneficiaram com os ensinamentos criados pelo Gary, sendo a teoria das Barras de Access o alicerce para as mudanças, que têm como base a transformação da consciência e a ideia de que tudo é criação do próprio indivíduo.

O autor acredita que, com uma mudança drástica na filosofia de vida, tudo é possível e palpável, com melhorias em áreas tais como: dinheiro, amor e trabalho. Suas ferramentas pragmáticas mudaram o cenário na vida de milhares de adeptos à elas.

Gary acredita que as transformações individuais são a chave não só para a própria felicidade do ser, mas também para as relações em esfera global, dando fim às guerras e conflitos.

Livros do Gary Douglas

Gary Douglas é autor de diversos livros sobre prosperidade, relacionamentos, dinheiro e carreira. Além de ser o criador do best-seller “The Place”, vendido em todo o mundo, tendo ampla aceitação e indicação de vários especialistas em coaching e motivação. Os seus livros podem ser encontrados no https://accessconsciousness.me/shop/ ou https://www.amazon.com/. Algumas das suas obras estão sendo traduzidas para o português e logo, logo teremos estes livros disponíveis.

Teoria das Barras de Access

A teoria inovadora do autor, chamada de teoria das Barras de Access, se espalhou em mais de 180 países e tem mais de 2000 colaboradores, transformando a forma de pensar de todas as pessoas que a descobriram e aplicaram.

Ferramentas simples de modificação de consciência e de técnicas de estimulações corporais são a base da teoria das Barras de Access, teoria que existe há mais de 27 anos. Essas ferramentas facilitam a vida de milhares de indivíduos, de todos os gêneros, idade ou condição, levando a uma maior plenitude e removendo cada limitação de seus caminhos.

O trabalho de Gary Douglas com a aplicação e criação das bases da teoria das Barras de Access é pioneiro e original e traz a quem a conhece uma nova maneira de enxergar a realidade e o mundo ao seu redor.
Entender as Barras Access não é tarefa difícil. Com sua maneira simples e didática de ensinar, Gary Douglas levou à cada lugar que visitou, uma forma concisa e completamente diferente de lidar com a vida, com ferramentas fáceis de aplicar no cotidiano. A teoria conquistou adeptos em todos os lugares onde passou, tendo total aceitação, principalmente por pessoas que entenderam que manter a mente aberta a novas possibilidades pode modificar seu mundo e de todos que estão ao seu redor.

12 comentários em “Conheça Gary Douglas, o criador das Barras de Access”

  1. Solenize Carneiro

    Depois que conheci BARS ACCESS CONSCIOUCINESS minha VIDA simplesmente mudou da morte para a VIDA em todos as percepções do SER, SABER, PERCEBER e RECEBER. Mestre SERENO e GARY honra pura e GRATIDÃO por cada 10 segundos e em tudo.

    1. A minha tambem sai de uma depressao e panico de 9 meses gracas a um amigo que se hospedou na minha casa para dar uma classe de barras aqui em florianopolis e hj sou praticante de barras de acceess ha 2 anos e como pode melhorar ainda mais universo?

  2. A GARY, DAIN, GUTO ANADARAON, JOSY ARAÚJO, NORMA FORASTIERE E A VC MEU LINDO AMIGO. PARABÉNS!!
    GRATIDÃO!!!
    ABRAÇOS DO MEU CORAÇÃO.
    “TUDO NA VIDA VEM A MIM COM FACILIDADE , ALEGRIA E GLÓRIA!!!”
    O QUE MAIS É POSSÍVEL???
    UNIVERSO, COMO PODE MELHORAR AINDA MAIS???
    COMO POSSO TER AINDA MAIS DINHEIRO HJ???
    QUE CONTRIBUIÇÃO SEREI AO PLANETA HJ???

  3. Bom, espero que não se importem e a leitura é para maiores.
    Ha cerca de 20 anos, depois de um divorcio um pouco conturbado, hoje minha ex é praticamente uma das minhas melhores amigas, enfim, naquela época, amigos me levavam para todo lugar, com receio de uma depressão forte que quase me pegou, Sim fiquei muito deprimido, mas ainda fazia as coisas e sorria, a noite chorava…
    Minha maior dificuldade era não poder ver meus filhos, entendam, não que fosse proibido, mas eu não podia vê los ao levantar a noite, ir no quarto deles, saber do dia a dia, quando ficavam doentes… só depois… A sim ele teve febre mas já esta tudo bem… foi foi ela caiu no colégio machucou o joelho mas já esta tudo bem… eu ficava feliz pelo, Já esta tudo bem, mas, ao mesmo tempo me batia uma tristeza, uma sessação de impotência, de inutilidade. Não pude ajudar meus filhos quando precisavam, não estava lá, nem que fosse para segurar a mao deles, dizer palavras de conforto, apoio… pra que eu sirvo… e me sentia muito mal.
    Bom, numa dessas saidas com amigos, a esposa de um deles levou a prima, claramente para me apresentar e pela conversa, já havia passado toda a minha ficha.
    Acabamos ficando juntos por quase 6 meses, os 4 primeiros pra mim foram ótimos, me senti vivo outra vez, os tempos com meus filhos eram maravilhoso, não voltava de lá de cabeça baixa, tinha alguém me esperando,tinha uma nova fonte na minha vida, que saciava minha sede.
    Mas depois as coisas começaram a não se encaixar, um pouco aqui ali.. ela queria casar, queria que passasse coisas pra o nome dela, queria conta conjunta, eu percebi que ela estava com uma visão muito materialista.. eu nunca havia pensado em dinheiro com ela, em prejudica la ou coisa do tipo, de esconder o quanto ganhava, de deixar de fazer tal viagem para não gastar com ela.. nunca sequer passou qualquer tipo de pensamento desse tipo..outra coisa que passei a perceber, foi que desde que começamos a ficar juntos, eu fui me afastando dos meus amigos, e, ela era a causa, percebi que sempre partia dela o não amor, dessa vez vamos sair só nos dois, ou, não estou me sentido muito bem, prefiro ficar em casa com voce… ela sempre dava um jeito de não irmos e ficar comigo, para que eu nao fosse sozinho…
    No 5o mês eu resolvi chama la para uma conversa séria e coloquei todas as cartas na mesa, a gota dagua foi saber que ela tinha contatado meu advogado para saber se eu tinha testamento se sabia quanto eu ganhava se eu dava dinheiro pra minha ex, quanto dava para os filhos.. enfim, de forma mais sutil, ela já havia me perguntado tudo isso, em momentos diferentes que na época eu nem percebi, mas depois, pensando, vi que tudo estava relacionado, e, o contato com o advogado, que não abriu nenhuma informação pra ela, e me ligou em seguida, foi a comprovação de que ela estava apenas, ou sei lá, pode ser o jeito dela, mas fosse o que fosse, ela era uma pessoa muito materialista, isso vinha acima de qualquer outro sentimento.
    O pior, o pior é que eu estava realmente gostando dela, tinha transferido pra ela o meu porto seguro, o ser útil, alguém em com quem podia contar, estar, dar e receber carinho, ser esperado, ser útil, presente… e após a ligação do meu advogado, parece que um buraco gigante se abriu de baixo dos meus pés…..
    Quando ela chegou naquele dia, tudo estava como sempre, chamei ela na varanda e abri o jogo, ela disse que não que era coisa da minha cabeça, que ela nem tinha percebido que tinha feito tais perguntas, que era porque queria saber mais sobre mim, me ajudar no que puder… ai eu cortei ela falando e disse que o advogado tinha ligado.. ela me olhou assustada, com ar de quem foi pego em meio a uma travessura… e ai ela abriu o jogo, disse que aceitou o convite da prima la la la atras, porque quando ela estava falando sobre mim, disse que eu tinha uma vida estável, que nem as viagens internacionais estavam me deixando melhor… e ela só ouviu, viagens internacionais, o cara deve ter grana.. e ai aceitou, ela disse que eu não era de se jogar fora então tudo bem. Contou que tinha uma amante, foi uma facada no peito, nossa como palavras podem machucar e como nossa imaginação voa no negativo… e que o mais difícil foi convencer o namorado a deixa la entrar nessa relação comigo. Que ela, eu sem saber, sempre dava uma ajuda financeira pra ele.. as coisas ficaram complicadas eu fiquei muito tenso e ate meio tonto, falei coisas que não lembro direito, não queria acreditar que era muito mais do que pensava… ela continuou falando, ja no quarto fazendo as malas, e ai, disse que eu era péssimo de cama, que sorte ela ter o tal cara, que meu penis não dava nem pra ela sentir cocegas quanto mais gozar, que foi tudo fingimento, tudo parate para uma vida boa, que não se arrependia de nada que faz parte, otário era eu que não percebeu nada, e ela ainda comentou que achava que não tinha nada a ver, pois ela estava tendo o que queria e eu tambem, entao qual era o problema que eu era atrasado velho… enfim, terminamos e eu nem tive coragem de voltar a sair com meus amigos, os quais por causa dela, e minha também, pois poderia ter insistido, eu havia me afastado. Chegaram a ligar, principalmente a prima dela quando soube, deixou um monte de pedido de desculpas na secretária eletrônica… eu acabei indo passar 6 meses fora, num pequeno hotel no interior, para me afastar de todos. Levei o celular mas com novo chip… Acabei comprando um sitio no local, aluguei meu apto na cidade fiquei morando lá por 6 anos, sem contato com ninguém, apenas oi, bom dia, boa atarde…
    Um dia, quando estava na cidade fazendo compras, vi um cartas na porte do hotel falando sobre um curso de Barra de Access e de cara achei que fosse algo ligado a microsoft office.. coisa de TI, fui ler e vi que não tinha nada a ver, inclusive ofereciam aplicação gratuita para os inscritos na palestra, os que apos se interessassem poderia fazer o curso que seria no dia seguinte. O valor da palestra era bem acessivel e eu queria saber como era quilo, no cartas falava muitas coisas e eu achei interessante, nunca fui adapto de remedios, e tenho certa vergonha, timidez de falar da minha vida para uma psicologa ou psicologo.. enfim, dei um voto de confiança para aquilo que ate então, nunca tinha ouvido falar.
    No dia, fui de roupa clara, sei lá, mas dizem que a energia boa esta na Luz, então roupa clara…. assisti a palestra e depois dividiram em grupos e fomos para salas laterais onde seria aplicado essa tal Barra de Access.
    O que posso dizer, eu me senti flutuando, ja haviam se passado mais de 6 anos sem sequer ter dado um beijo na boca, quanto mais ter um contato mais intimo com alguém, eu realmente havia me fechado e se percebia que alguem se interessava por mim, eu acabava sumindo, não frequentando mais o lugar, dando uma volta maior para não passar por ali, era como se tivesse fugindo do que eu acreditava, so iria me fazer mal. Vem aquele pensamento, todas são iguais, como confiar. Não me sentia estruturado para outra traição,então, tinha decidido viver sozinho mas ali, naquela maca, a sensação era de liberdade, como se tivessem cortando amarras, eu me sentia livre para deixar meus sentimentos aflorarem e ai, ai veio o constrangimento mas eu, na hora, nem senti, eu estava tão eufórico com essa sensação de liberdade, de conforto, de prazer que nem achei nada estranho, eu estava de penis ereto, e como nunca havia visto antes. Durante o processo ele foi enrijecendo e acabou por abrir o ziper da calça, estava sem cueca, pois so tinha cuecas pretas e o lance de roupa clara… enfim, ele esta ali, como um obelisco, majestoso, pulsando, eu adorei, já havia tempos que sequer tinha uma ereção. Quando percebi, a moça que fazia a aplicação em mim estava olhando fixamente para o meu penis, eu pedi desculpas tentei guarda lo ela segurou a minha mão na hora que eu iria segura lo e acabou que ela o tocou e ainda fixando ele, comento que era normal, que eu não precisava me preocupar que isso as vezes acontecia mesmo, muita coisa reprimida, travada…. mas nossa, que pau lindo voce tem… deixou escapar sem perceber… e começou a mexer nele e mexer e não demorou nada eu gozei, e gozei muito, anos de repressão, de sentimento de culpa me sentindo um anda, um incapaz, um não homem… e agora ali, livre, me sentindo nas nuvens, super exitado, uma bela mulher me tocando e visivelmente vidrada no meu penis, quando comei a jorrar, ela colocou a boca e ai eu quase desmaiei, acho que tive uns tres orgasmos seguidos. Já tinha ouvido falar em orgasmo múltiplos mas não pensei que realmente fosse capaz, pelo menos não para o homem, e agora eu ali, num prazer profundo, alem de qualquer imaginação que eu ja tivera….
    Hoje, passados 5 anos desse evento, nos estamos casados, eu fiz o curso, passei a ser um facilitador, assim como fiz o curso de Reiki, Karuna, e montamos nosso espaço na cidade, onde atendemos grande parte dos moradores, que se tornaram fregueses frequentes, como de cidades vizinhas que vem por indicação.
    Tivemos dois filhos, gemeos, e isso supriu muito a falta que tinha no meu peito de cuidar, conviver com meus filhos pequenos…
    Meus filhos do 1o casamento, vão frequente mente me visitar, ate construir uma 2a casa para eles, em geral ficam as ferias todas com amigos, mas ja estou vindo apenas com a namorada, namorado… e nossa convivencia melhorou muito.
    Minha filha esta fazendo medicina e tem uma mente muito boa, aberta, para tudo que esta ao redor, nao apenas farmaco… Meu filho se formou na area de TI e conseguiu apouco um emprego onde trabalha a maior parte do tempo, pelo computador, o que pode ser feito em qualquer lugar, e ele ja disse, Pai, se a internet aqui fosse pouco mais rapida, seria o local ideal para trabalhar….
    Dois meses depois, chegou a cidade uma das grandes empresas de internet, prometendo uma velocidade 3 vezes maior do que a que tinhamos ate então
    Agora vou indo, meu amor chegou, e o tesão por ela, esses anos todos, só aumentou e ela, nossa, posso com certeza dizer o mesmo sobre ela, já percebo seu olhar, seu leve sorriso de canto de boca seja onde estivermos, já dou uma desculpa para sair com ela e fazermos amor ate não aguentarmos mais, o mais inusitado. Foi num congresso na capital, onde fomos conhecer pessoalmente Gary Douglas, criador do processo… talvez pela emoção de conhece lo pessoalmente, do evento, enfim, ficamos ambos muito exitados, e fomos para o topo do hotel e nos amamos lá, por quase todo o evento, com um lindo Céu sobre nós. Eu tenho quase certeza que esse foi nesse dia que os nossos filhos foram concebidos.

  4. Como posso co-criar um curso em Porto Alegre com o Sereno com total facilidade, alegria e glória? Que energia, espaço e consciência eu e meu corpo podemos ser para contribuir com o “SER IRRACIONAL E IMENSURÁVEL” do querido e mágico Sereno? Tudo que impeça isso vamos D & D por Deuszilhões de segundos? P & P

  5. jose enrique neves

    Quero saber o que ninguém explica, qual o critério para determinar quais são os pontos para cada emoção, percepção etc… como sabe qual a posição no cérebro, que ferramentas utilizou pra mapear isso?

  6. Me senti muito bem quando recebi Barras de Access por 2 vezes ( fez grande diferença para mim na época).

    Tive umas curiosidades sobre o assunto para as quais ainda não consegui respostas:
    – de que forma o Garry Douglas concebeu o Acces Conciousness? Foi através de pesquisas ou vivencias ou outro ?
    – fiz o curso de Barras de Access. Nao tem base religiosa , mas , fala de reencarnação , outras vidas, e, de entidades. Isso me confundiu…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *